Geleia de morango

 

Panelinha de geleia de morangos. Vi uma moça no YouTube fazendo geleia de laranja, lembrei muito de toda a velha guarda da família, que aproveitava todas as frutas da estação em compotas e geleias, para que não estragassem e se perdessem. Ela falava: da pra fazer com qualquer fruta madura e doce. Daí tive a ideia de aproveitar melhor os alimentos, com qualidade e sabor. Com um pouquinho só de adoçante, pra não ficar amarga no paladar, outro dia fiz geleia de maracujá, para meu pudim. Ontem vi meus morangos congelados no freezer. Por que não fazer geleia com eles?! Pode-se fazer geleia de qualquer fruta. Experimentem fazer!

Receita fácil de geleia do morangos:Pudim de leite com calda de morangos

500 gramas de morangos doces e maduros,
1 xícara de água,
1/3 xícara de açúcar ou o equivalente do adoçante de suas preferência.
Levar aí fogo baixo e mexer até o ponto de fio, para geleia fina.

 

Geleia de morangos

 

Ótima para comer com queijo, biscoitos, pães e torradas. A vida pode ser doce.

😋

 

Publicado em Comidas e bebidas, cultura, educação, Familia | Marcado com , | Deixe um comentário

R XisFy B (conto de ficção ou não)

JarcyTania.  Radiação EletroMagnética. Arte 072020.

 

IMSI-Catcher___20200806-105335

R XisFy B é um dos maiores detetives de alto escalão da região, a uma década investiu um apartamento de alto padrão, tipo 150 mil dinheiros estrangeiros e tinha poder de fogo para ter uma destas sofisticadas maletas de interceptação telefônica. Num trabalho de algumas poucas horas, inseria pequeninos e discretos softwares indetectáveis nos aparelhos alvo, de qualquer tipo ou modelo, tudo era uma questão de paciência e habilidade. “Upava” suas pequeninas jóias, criadas sob medida ou personalizadas por demanda e utilizada em sua discretissima rede de espionagem e informações privilegiadas.

Tudo era uma questão de preço e oportunidade. Pelos jornais e websites imobiliários, descobria imóveis dentro da área de alcance de sua rede de telefonia pirata. Com seus contatos nas operadoras, comprava listas dos bancos de dados com nomes, endereços, contatos que poderiam ser úteis ferramentas de estorçao e manipulação. Há segredos o suficiente no mundo, que garantam uma vida financeiramente suave a quem tem esperteza e perspicácia suficientes. Inteligência se compra.

DIY-IMSI-Catcher_20200806-105830Nos últimos anos, com a popularização de redes e sub redes independentes de informação, a inteligência antes mantida sob domínio de poderosos, se desenvolvia independente, habilidosos curiosos buscavam brechas, novos e mais baratos materiais, ampliavam o repertório técnico e compartilhavam, vendiam, trocavam entre si suas descobertas.

R XisFy B não era mais o único com poder de investigação, com maquinário capaz de investir em aplicações de varredura dos equipamentos dependentes de comunicação de sinal RFI. A cada ano, cada mês, dia, a inteligência se duplica, amplia sua capacidade. Todos se adaptam, R XisFy B também. Agora alugava suas caras ferramentas, a quem tivesse habilidade para operar, por sua conta e risco e pudesse pagar as horas de utilização. Uma vez que os principais clientes, cônjuges de pares infiéis, estão um pouco mais tranquilos quanto a infidelidade física, já que os que não tem necessidade, se mantém em casa, confinados. Por outro lado os contatos digitais se ampliaram a estratosfera, quem se sente vulnerável e inseguro virou o vil metal, para quem os vêem como moeda segura. Segredos industriais, maquinações políticas, toda sorte de patifarias e pilantragens institucionalizada. Crimes de usurpação, fraude, apropriação, vida e morte agora se comunicavam por internet, pessoas comuns e alguns técnicos estão envolvidos, atolados nesta sujeira, junto aos que fazem vista grossa a tudo isso, por falta de ferramentas eficientes para lidar e remover esta rede, enraizada nas relações de poder do mundo.

Notícias e mais notícias passam despercebidas pelos cidadãos comuns. Só fazem sentido para quem é desperto.

“Mais uma ferramenta de captura DIY IMSI é relativamente trivial para, configurar e a tecnologia é acessível a qualquer um com um laptop barato, US $ 20 de engrenagem e, a capacidade de copiar e colar essencialmente alguns comandos …”

DYY: faça você mesmo.
IMSI: software dos chips (microcomputadores) das operadoras de celular, que rodam programas básicos de comunicação, sem antivírus, firewall ou linguagem particular. Catcher (captura a comunicação entre o celular e a antena) engana o chip do aparelho, substituindo o sinal original da operadora, pelo da antena intrusa.
RFI: do inglês Request For Information.

R XisFy B não depende mais de equipamentos, sua rede de contatos e escutas trabalha de maneira autonoma por ele, que pensa em se aposentar, comprar uma chacarazinha em alguma Serra, usando o mínimo de tecnologia, só para de inteirar do que acontece nas entrelinhas do mundo. Seus ex clientes se descabelam ou perdem totalmente os cabelos e a sanidade, perdem muito dinheiro, alguns nem o tem de fato, perdem as garantias de vir a tê-lo, uma vez que a maldade se auto alimenta, antropofágica. Roubam, enganam, trapaceiam. Estão a devorar o próprio sistema. Temo que se auto destruirão, arrastando tudo a seu redor. Melhor manter-se longe de seu alcance. Observando com olhos bem abertos, ouvidos atentos e discretos, como testemunhas vivas desta época incrível que vivemos. Escribas fiéis de nossos stories.

RedePirata_20200731-1349102Salve-se quem puder. Procurem estratégias de livramento, minimizando sua ação, enquanto as novas luzes trabalham incessantemente em soluções. Se, enquanto raça humana os criamos, seguramente os combateremos e venceremos. Polos negativos impulsionam a Ação e o positivo deve equilibra-los para que a evolução aconteça e se firme.

Vamos em frente, com Fé e confiança nos iluminando. As cegas, tateando o caminho, amparados no momento certo por Cristo Senhor.

 

👍🏼

 

 

Publicado em Ciências, Computadores e a Internet, cultura, educação, Entretenimento, Familia, Livros | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Sinfonia do silêncio no vazio, no vácuo.

Alvorecer, JarcyTania. Julho 2020Algumas das questões intrigantes que me inquietam desde sempre:

O que são os espaços vazios entre os átomos, entre os elétrons, entre os planetas. Entre meus pensamentos e os seus? Por que tudo continua a existir quando fecho os olhos e consigo ver, sentir, cheirar, falar em minha mente? Por que não me sinto sozinha? Por que continuo percebendo o silêncio, mesmo quando todos estão falando ao mesmo tempo?

“Existem duas possibilidades: estamos sozinhos no universo ou não estamos. Ambas são igualmente aterrorizantes”.  Arthur  Clarke

 

“A maior questão do nosso tempo. Estamos sozinhos? O capítulo 1 desta experiência leva você a mundos alienígenas e lugares distantes no tempo e no espaço, em busca de onde a vida alienígena pode estar escondida e qual é o nosso lugar na história da vida. Após gerações de admiração, a verdade está finalmente ao nosso alcance. Novas pesquisas e tecnologias nos aproximaram mais do que nunca de uma resposta – apenas algumas décadas aos olhos de alguns cientistas da NASA. A pesquisa levou a novas descobertas que vão surpreender sua mente e dar uma nova perspectiva profunda da vida humana. Quanto mais profundo olhamos, mais profundamente vemos na imaginação da natureza e mais aprendemos sobre nós mesmos. Espero que esse pensamento faça cócegas em seu cérebro tão profundamente quanto no meu. Nos próximos capítulos de Life Beyond, exploraremos o contato com a vida inteligente, a física potencial da biologia alienígena, como sobreviver ao fim do universo e muito mais.”

 

Li no Miau de Leão: 

Você conhece a Sinfonia da Ciência? É uma série de mescla musical e visual (maschup), ou seja, transformações de conteúdos originais, criada pelo compositor e cineasta Melodysheep, que visa espalhar ciência e filosofia através de remixes de pensadores científicos proeminentes, como está explicado no website: https://www.symphonyofscience.com/ Escolhi uma dessas composições: The Poetry of Reality (A […]

via Sinfonia da Ciência — O Miau do Leão

 

 

Citação | Publicado em por | Marcado com , , , , , | 2 Comentários

Eu por mim mesma, me reinventando.

 

Jarcy Tania

  … E envelhecendo.

“Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre. Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração. Não me façam ser quem não sou. Não me convidem a ser igual porque, sinceramente, sou diferente, mas com certeza nunca serei a mesma para sempre.”

Evoluo, sou um ser humano que caminha, vê, sente e aprende, na vontade e permissão de Deus, guardada pelos anjos, pelos bons espíritos. Ele jamais me colocaria em situações, nas quais não pudesse me proteger. 

Neste mundo de ilusões, estamos de passagem e como vocês, estou tateando  o caminho.  

Novos desafios, novas metas e perspectivas. A experiência ajuda, mas é tudo tão velho e tão novo.  Nada assusta, mas os passos devem ser cautelosos, devemos respirar com calma, profundamente. A alma chega antes da presença. Não se engane, o que sente antes de qualquer palavra é a verdade revelada. As vezes não muito boa. A trapaça fatalmente é descoberta. Não se escondam nas sombras, quem está nela não percebe, que a luz sempre os revelará. Saiam das cavernas para a claridade. Sejam sinceros e verdadeiros. Sejam livres. É uma sensação maravilhosa!

Nem todos os que te seguem, são seus amigos. Conhecer, não é ser amigo. Um sorriso sincero e amistoso não é convite para intimidade. 

Se me encontrarem, falem comigo. Mantenham a distância social e o respeito, educadamente, por mim e por todos. É o mínimo que se espera em uma sociedade moderna e organizada. 

Por uma vida saudável. Preparados  para nova terra.

🌻

 

Publicado em cultura, educação, Familia | Marcado com , , | 7 Comentários

Final: A d15-put4 (roteiro de ficção ou não)

 

Os fantasmas continuavam a atormentar sua cabeça com informações, involuntariamente.  Quando Ela tinha só sensações espírituais tinha dúvidas, agora simplesmente sabia, as imagens e os sons se formavam em sua mente.

Os aplicativos falsos das lojas oficiais eram muito utilizados, os de entrega de comida e produtos, de transporte. Por manipulação das redes de internet de telefonia e wi-fi, controlavam tudo o que podiam e o que não podiam, compravam. Verificando tudo, trocando operadores, motoristas de acordo com a necessidade e pagamento, arranjavam encontros entre interessados e Alvos ou com quem pagasse mais.  Pagando, uma determinada pessoa poderia escolher a quem atenderia, usando credenciais falsas, que apareceriam como normais a quem os solicitasse. Sem que percebesse, seu motorista ou entregador era alguém que queria lhe conhecer ou algo mais. Quantas mulheres não foram abusadas ou algo pior. Quantas informações não foram tiradas de executivos, em conversas banais e sociáveis com prestadores de serviço. Quantos dados de empresas vazaram, por este tipo de técnica.  Engenharia social em redes sociais era coisa de crianças, mas útil, diga-se de passagem, usavam muito, fazendo de amigos ou inimigos, conforme a situação, descobriram amigos, parentes, antigos relacionamentos, endereços. Eles eram mestres em conseguir o que queriam.

Os Perseguidores se utilizavam hora de tecnologia hacker em seus equipamentos, nem a Smart TV estava a salvo, peças de espionagem, microfones parabólicos direcionais, microcâmeras, a rede de segurança do prédio, elevadores, das ruas. Usavam e dividam imagens de câmeras de alta definição e sensor infravermelho. Drones fariam barulho e chamaria a atenção, embora já tinham tentado usá-los, mas as imagens tremiam e não teriam a  qualidade que desejada, para partilhar em seu grupo restrito. Hora se colocavam a recriar métodos psicológicos, descobertos em livros e artigos da antiguidade, usados por cientistas financiados durante as guerras mundiais. Interrupção do sono diversas vezes durante a noite, fazendo com que a ela, ao se levantar e movimentar-se pelo apartamento, fosse fotografada e filmada em roupas de dormir, trajes íntimos, se estivesse sem eles seria melhor e as fotos mais valorizadas. Criavam perfis falsos com suas imagens. A difamam, a queriam demente, indigna de confiança, mau falada, um párea social.

Certa noite a Moreninha escutou os fantasmas comentando entre si, sem saber que ela ouvia:  Ela está sem roupas?  Não! É algo com lycra, justo ao corpo. Diante disso, ela que já tinha cortinas de renda na sacada, trocou as que ficavam em direção a sala por opacas, já que as de renda ficavam translúcidas a noite.

Na noite seguinte quando perceberam a troca das cortinas, alguns deles se enfureceram, outros debatiam. Como contornar o novo obstáculo? A Chefe decidiu que era chegada a hora de abandonar este projeto, ela que era uma ferrenha opositora, chegou a seu limite e estudava uma maneira de contornar seus superiores e comparsas, “Os reis da maracutaia HiTech”, “Os checadores” de informação, aqueles que estavam acima do bem e do mal, usavam tudo o que aprendiam com a manipulação, compra e chantagem de todos os outros, para vender as histórias e técnicas a quem pagasse e pagassem bem, diga-se de passagem. Como mantinham robôs de alerta de informação sobre a Moreninha na internet, descobriram que Ela atualizara sua árvore genealógica e tinha alterado algum dado, nada escapava a sua Rede, mesmo que não significasse nada para eles a princípio. Informação era informação. Já pensou e se  ela tivesse parentes ilustres no passado? Naquela noite houve muito “choro e ranger de dentes”.  “Quem checa os checadores”?

Como Ela podia ter descoberto? Como ouvia? Era algo que nem Ela mesma entendia bem.

Alguns sujos de espírito e outros que sequer sabem que há um, debatiam sobre seu prejuízo:  Ela ainda mantém seu raciocínio lógico e a memória intacta. Como?! Quem pagará por isso, é muito cedo para parar, não atingimos nosso objetivo e os investimentos. Quem pagará?!! Não vai ficar assim, vou levar o prêmio, mesmo que a força, farei, darei um jeito, farei valer a pena. E não se acham criminosos, estão acima e abaixo da lei. Atentariam, tirariam sua vida, sem que a ela descobrisse toda a infinidade de ações e todos os por ques sem resposta?

Ela teve outra noite de sono inquieta, acordada várias vezes com ruídos, ruídos e sons estranhos, batidas secas, sem saber do que se tratava, distraiam seus pensamentos. Mas na manhã seguinte, acordou com as ideias claras. Agora sabia o que precisava saber por hora, era sempre assim, aos poucos, de repente tinha a percepção de algo em sua mente. O que eles buscavam era a Salvação de sua própria alma e nem o sabiam, o desejo inconsciente de gente tão comprometida por erros e maldade. Todos eles poderiam resgatar seu carma nesta vida, ter uma nova chance?! Tinha lógica, totalmente. Com tantas mulheres lindas, de fino tratos, jovens, se oferecendo gratuitamente ou a qualquer preço, por que a Moreninha? Débito cármico, generosidade divina?

O que é um Santo?! Aquele que foi tentado, lido e revisto em toda sua vida. Eles não queriam isso para Ela. Porque se santa, seria lembrada e a queriam apagada, esquecida. Ela era simples, tinha espírito puro, jogava-se com fé em em suas convicções e era limpa, foi lavada e enxugada pela vida, uma alma da luz, a serviço e esta energia irradiava e irritava muito quem se dedicava a  ser contrario a tudo isso, montar cartéis, criar “suas próprias leis”, seu mundo particular com sua própria “família”, disputando com outras, lutas de vida e de morte, sem escrúpulos. Está coisa de Luz, de Verdade, os incomodava e desestabilizada sua ordem de coisas. Era uma guerra para manter-se no topo e só isso importava.

Nosso corpo,  tudo o que é carbono, nosso mundo visível, é organizado, mantido e regido por leis que só agora a ciência começa a desbravar. Logo a frente, a tecnologia mostrará outros universos, não compostos de carbono, que coexistem ao nosso. Que a imaginação é umas das várias portas para estes mundos, onde o Criador abre brechas para comunicação e iluminação de nosso mundo, regido pela Luz do Cristo, nosso comandante nesta nave existencial.

Já são percebidas as falhas de continuidade desta existência. São muitos os relatos. O tempo claramente não é o mesmo para cada indivíduo, para alguns se estende monótono, para outros corre inexplicavelmente. Coisas que aparecem fora de ordem, contexto e lugar, visões coletivas, descobertas desconcertantes. Estamos a um passo do entendimento global e isso contraria muito quem quer ter poder sobre todos. Escolher o que devemos ver e ser. O lodo tem sido lavado a cloro e álcool desinfetante. É mais uma chance de rever de que lado vai escolher estar. Estar em sintonia com a luz é estar leve, viver sem medo, ter propósito, os vazios preenchidos com intensidade, certezas. Mudanças de plano são oportunidade, a novidade, algo em que prestar atenção, acrescentar, reformular antigas percepções, atualizar-se, deixar fluir, deixar passar o que não entendemos, sem necessidade de acúmulo, até que alcancemos seu sentido.

“que você decidir se fará,

e a luz brilhará em seus caminhos.

Jó 22:28″

“Depois que Jó orou por seus amigos, o Senhor o tornou novamente próspero e lhe deu em dobro tudo o que tinha antes.

Jó 42:10″

“Não há verdade que não tenha sido perseguida ao nascer”.

🙌🏼

Final de roteiro. Ainda não sei se escreverei um livro, farei animação, quadrinhos ou qualquer obra criativa com ele.  Meus queridos e frequente leitores e assinantes, se encontrem erros de digitação ou grafia, me avisem. Não público os recados de quem pede. Serei grata!

Grata também pela oportunidade de expressar-me, em entretê-los. Quem sabe alertá-los para este “admirável mundo novo”.

É isso.

Um grande abraço!

Jarcy Tania

cropped-jarcytania-ico

Publicado em Computadores e a Internet, cultura, educação, Entretenimento, Familia, Livros | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Continuando: A d15-put4. (roteiro de ficção ou não)

IMG_20200707_125030_661

O fantasma do andar de cima de minha mente. Mesmo que as vezes esteja abaixo, ao lado ou pelas esquinas sensoriais, me sussurrou que os celulares, telefones e computadores de todos os seus colaboradores, aqueles que lhe fornecem as informações sobre o Alvo, estão também grampeados. Por que?! Para arquivo de seus segredos, seus dados, seus podres e hábitos, lícitos e ilícitos. Todos estariam para sempre em suas mãos, para o que fosse. Ele, o Despota, dita as regras e manda no jogo.

Agora que o Moreninha estava mais esperta, trocando de senha constantemente, estava ficando complicado, mas interessante e desafiador. Ela estava bloqueando as portas de acesso a internet do computador, deletando sem abrir mensagens SMS, emails e popup de operadora do celular, que deixava em economia de dados, só abrindo um aplicativo por vez, desautorizando acesso dos aplicativos a câmera, microfone e arquivos, só abrindo quando precisasse e também comprou e está usando aqueles protetores físicos de câmera. Se até o dono da maior rede social do mundo, tem fita isolante na webcam, o que não falta é marmanjo comprando receita de acesso as câmeras das meninas e dos garotos. Eles que se cuidem! A moreninha não entende o porque do interesse em sua vida, ela uma mulher de meia idade. Até onde vai o fetiche e a maldade de alguns?!

Imaginem pessoas comuns, que não sabem usar direito o aparelho que portam ou ostentam, vivem a tropeçar nas calçadas por não tirar os olhos dos aparelhos, com privilégios de acesso a dados alheios. Sim, o que só tinham acesso as autoridades máximas da polícia mais poderosa do mundo, agora estava ao alcance de qualquer um que tivesse um amigo esperto, capaz de navegar em fóruns fechados, copiar scripts e até outros poucos que estão nas profundidades da rede, muito confortavelmente ganhando seus bit digitais dinheiros, de grão em grão né, diz o ditado. Uns raros fizeram fortuna, a maioria dívidas, dando lastro a rede de informações privilegiadas, vip, onde se consegue qualquer coisa, jogando com a mente débil ou calculista de técnicos, loucos por competição, inovação e desafios. Uma rede de trolls também tem utilidade para diversos fins.

Os funcionários técnicos de empresas de telefonia, dados e internet, mesmo que agora tenham acesso limitado a contas de usuários, podem abrir portas a terceiros. As grandes empresas tem interesse nos talentos mais capazes do mundo e estimulam com dinheiro, existem prêmios milionários para quem encontrar erros e bugs em aparelhos e sistemas, mas, podem ser muito mais valiosos para as indústria do crime onde, hoje em dia, cada um decide por si, de que lado quer estar. Coisas pesadas.

Agora que as coisas começam a ser esclarecidas, muita gente saindo de negócios ilícitos, perdendo empregos, empresas e alguns a vida. Com a pandemia, fazer a manutenção das câmeras escondidas está impossível, entrar nas casas e apartamentos sem serem vistos, virou tarefa de ninja, com muitos acidentes de percusso. Lamentavelmente esta gente não liga, não se importam uns com os outros, só para sua utilidade no momento, são descartáveis, trocam por outros com facilidade. Se alguém morre, perde tudo, tem de viver nas ruas, dizem danem-se! Quem mandou ser burro! Problema deles! Quem mandou se meter com bandidos, como se eles não o fossem. Mal sabem que tudo o que se deseja ao outro volta. Não precisa ser muito crente, pra saber que tudo o que se joga ao alto, cai de volta e se estão cavando ou empilhando, vai haver desmoronamento. Nem as pedras são imutáveis, de vez em quando o planeta sacode e as faz rolar.

Bom. Finalizando este capítulo. O Despota agora se diverte, rindo alto, ouvindo seus grampos, dos telefones e das casas dos desafetos, dos colaboradores, discutindo relacionamento, novidades legais ou não, falta e perda de dinheiro, se auto acusando e desculpando-se de N falcatruas, brigas com agressão física. Vende tudo para roteiristas colaboradores de autores de peças publicitárias, de teatro, TV e a moda atual, grupos fechados e pagos em redes sociais, Standup Comedy na internet. Tudo gera negócios para quem sabe negociar e tem os contatos certos, só se dá bem. Não vê a hora de quando todos os aparelhos tiverem conexão full time. A quinta geração de telefonia  que o aguarde. O mundo é dos espertos!

Minha fé continua a me sustentar. Rendo Graças a Deus todos os dias, por sua proteção. Mais podem os poderes de Nosso Senhor Jesus Cristo!

“E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor. Porque as primeiras coisas são passadas.

Apocalipse 21:4”

🙌🏼

Publicado em Ciências, Cinema, Computadores e a Internet, cultura, educação, Entretenimento, Livros, Organizações, teatro | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Fim de meu ano sabático.

Setup_JarcyTania-IMG_20200720_182307311

Só que não. Me aposentei, desde então tenho liberdade de blogar, produzir conteúdo e arte quando me sinto inspirada.

Rearranjei meu antigo setup. Ainda tenho quilos de livros didáticos, de história da arte e de artistas que gosto ou aprendi a gostar lecionando. Foi muito tempo de vida e investimento pessoal,  intelectual, não sei se continuarei a usá-los, neste mundo cada vez mais digital que vivemos. Mas, como sou antiga, mês que vem terei cinquenta e sete anos completos, tenho o hábito de guardar livros, como quem guarda tesouros. Desde que me mudei, algumas coisas estão se arrastando e isso embota o desejo de criação. Evito ondas magnéticas e sinal de WiFi  perto de onde descanso, dizem que não faz mal, mas alguns dizem que pode alterar humor e nossos hormônios. Eu acredito, porque a música e os pensamentos mudam o formato das moléculas de água, somos numa média 60% água, então nos afeta. Como moro em prédio de apartamentos, fica difícil encontrar o melhor lugar para estar, livre de energia eletro magnética. Fora a falta de privacidade. As pessoas não deveriam ter roteadores nos quartos.

Para me distrair, nestes tempos de pandemia, tenho desenhado, pintado e rascunhado textos, sem pretensão de genialidade, por puro prazer de exercitar a mente e as mãos. Terapia  ocupacional. Venho de uma família de mulheres trabalhadoras e habilidosas, na cozinha e nas manufaturas, aprendi a tricotar, bordar, fazer crochê, cuidar de plantas, horta e pomar, coisas de garota que passou muitos anos com os avós. Que Deus os tenha. Aprendi muito! Ganhei um kit de bordadinho, de uma de minhas irmãs faz meses e hoje resolvi bordar. Ainda não terminei, mas estou gostando, vejam só. A lã que veio no kit é muito grossa, mas está indo. 😬

Bordadinho_JarcyTania-IMG_20200720_114915533

Tenho roteiros e croquis prontos para mais cinquenta anos ou mais de produção. Quem sabe agora, com tudo no lugar, me ânimo a produzir coisas novas em áudio visual. Os últimos anos do magistério em escolas públicas me sugou a psique, cansada, exaurida de forças, precisei de tempo para me recuperar.

Não sou de perseguir likes, trabalhei muito, agora tenho tempo. Quem sabe o que o futuro nos reserva, não é mesmo.

JarcyTania-IMG_20200718_130700726

Só pensava em passar o tempo viajando este ano. Estou me adaptando, como todos nós. Já que há tempo de plantar e tempo de colher. 🙄Trabalhei muito e tenho que Confiar na colheita.

🤗

Publicado em cultura, educação, Entretenimento, Hobbies, Saúde e bem-estar | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Calda de maracujá

Todo pudim de leite é muito bom!

 

A pandemia tem me permitido estudar diversos assuntos que desconhecia,  experimentar e adaptar receitas também. Hoje fui de pudim com calda de maracujá. Receita fácil, pensei que não acertaria a calda, por não usar açúcar, mas, santo polvilho doce e suas mil e uma utilidades me salvou.

Receita de pudim é um clássico, adapte conforme a sua dieta. Eu troco o açúcar por adoçante, o leite condensado por creme de leite com leite em pó. Farinha de trigo por farinha de arroz e polvilho.

E vocês?! Que andam inventando por aí?

 

😋

 

Publicado em Comidas e bebidas, cultura, Familia | Marcado com , , | Deixe um comentário

A d15-put4.

Ficção ou realidade? Disputa de déspotas?  Li muitas referências na internet sobre indivíduos alvo.

JarcyTania-IMG_20200708_171952_662

Se souberem de alguém dizendo, que quer saber o que ando fazendo, digam: – ligue, escreva para ela nas redes sociais. Sou muito madura e amigável, respondo com gentileza e polidez a todos. Não forcem falsa intimidade, assuntos grosseiros e estará tudo ok.

Não se iludam! Não há ninguém apaixonado por mim e que não tem coragem de se revelar. O acesso a uma conversa é muito fácil.  Sou simpática e tranquila, o que escrevo é o que penso e me desculpo quando errada. Simplesmente, mas não tão simplesmente, trata-se de uma disputa hacker, valendo Deus sabe o que.

Muitos jogam futebol, uns poucos lêem e só bem poucos, felizmente, disputam dados da intimidade alheia, sobre seu dinheiro, no meu caso pouco, conhecimento, tenho algum,  os podres, se não os meus, os da família. Para tirar vantagem, hackeiam as suas contas, fazem disputas de poder estre eles, não há nada que não consigam (Tem outros capítulos em postagens anteriores). Fazem isso com todos os seus alvos, criam alertas entre si e agem assim por causa de dívidas, ciúme, raiva gratuita, cobiça, sede de poder e tantas outras coisas de dar medo. É um método empregado a milênios para privar de liberdade e saúde mental os desafetos ou rivais, algumas vezes difamando-os, deixando-os desacreditados na sociedade. Muitos aparecem mortos, não se sabe se homicídio ou suicídio. Pode ser qualquer um, basta que se interessem e faz parte deste sistema, “criar interesse sobre o alvo”.

Indivíduos são recrutados para vigiar o alvo,  entre uns pobres coitados, por ninharia ou porcarias químicas, ou gente de dinheiro, por conta de vantagens. Usam câmeras escondidas. Você pode comprar uma câmera wifi para sua segurança, eles roubam seu sinal e te monitoram, por todos os aparelhos ligados. Te espiam pelas câmeras do celular, tablet, computador, compartilham as imagens em grupos particulares. Lêem suas fichas médicas, dados biométricos de pulseiras inteligentes todos estes dados de saúde são compartilhados. Qualquer dado Bluetooth, aéreo ou a cabo é descoberto, quebram criptografia em disputas de habilidade, trocam ou  vendem entre eles. O que você pesquisa  o que  assiste, come, quantas vezes vai ao banheiro, muitas curiosidades. Quais os ruídos da sua casa, do seu corpo? Alguns  usam os dados somente para rir das situações alheias, como um big brother da vida real, outros para compartilhar entre si, por variados motivos, como já disse. Invadem residências, não há fechaduras que não abram, alarme que não desarmem. Compram a lealdade de porteiros, motoristas, flanelinhas, faxineiras, amigos, conhecidos e criadagem em geral. É a revolução dos subalternos, os quais sempre respeitei, e tratei com generosidade. Sei que a maioria está sendo enganada, mesmo assim dói. Dados sendo vendidos em redes sociais e grupos fechados na internet ou pelas esquinas. Gente do mal, que usa os poderes do mal, para descortinar o futuro e prejudicar algumas almas fracas, manipulando e amedrontando muitos em suas pseudoseitas. Sim, isto ainda existe.

Os indivíduos alvo são perseguidos por todo lugar e suas informações repassadas de boca a boca, texto em texto, mensagem em mensagem. Usam argumentos diferentes para cada grupo. Casos de amor para os românticos, dinheiro para os gananciosos. Os sete pecados  capitais.

Mas, a pandemia os pegou de jeito. Todos evitando sair, tomando cuidados com suas redes sociais, estamos mais espertos e despertos. As polícias (algumas são coniventes) e a inteligência do mundo inteiro espreitando. Muitas coisas estão vindo a tona e seu poder está diminuindo.

A internet das coisas vai requerer um pouco mais de apuro com a segurança. O que era ficção, já é realidade. O pulso eletromagnético, que influência o organismo vivo existe. Paredes deixam de existir, com as tecnologias de rastreamento de calor e wifi. A árvore do conhecimento do bem e do mal, nunca esteve tão presente e o respeito ao ser humano tão necessário.

Este é o ano do retorno, onde cada um terá de suportar a carga de seus próprios passos. Tudo o que já fez está voltando, seja o bem o o mal que causou. A honestidade e os valores humanos são cobrados, para que possamos seguir adiante.

Não tenham segredos, ousem compartilhar seus interesses, desde que saudáveis. Sejam generosos. É muito bom!

Sejam éticos. Mesmo as piores profissões tem seu código de conduta. Usem para que tenhamos uma vida livre de verdade, onde ninguém precise esconder-se atrás de paredes, que nada mais significam hoje em dia, onde a privacidade desapareceu.

Continua.

Não de preocupem, continuarei a falar de jardins.

😬

Publicado em cultura, educação, Entretenimento, Familia, Livros, Organizações | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Quais são os seus valores?!

Ponto pacífico. Tenho como propósito de vida  estudar, aprender e compartilhar conhecimento. Elevar, se possível, as condições psicofísicas das pessoas com arte, reflexões sobre filosofia, história, experiências positivas ou informativas.

Navegando entre assuntos de meu interesse, encontrei este vídeo:

 

Em um dos comentários do canal no YouTube, que transcrevo abaixo, li algo que vai de encontro a meus valores pessoais e divido com vocês:

 

Publicado em cultura, educação, Gatos, Organizações | Marcado com , , , | Deixe um comentário