A d15-put4.

Ficção ou realidade? Disputa de déspotas?  Li muitas referências na internet sobre indivíduos alvo.

JarcyTania-IMG_20200708_171952_662

Se souberem de alguém dizendo, que quer saber o que ando fazendo, digam: – ligue, escreva para ela nas redes sociais. Sou muito madura e amigável, respondo com gentileza e polidez a todos. Não forcem falsa intimidade, assuntos grosseiros e estará tudo ok.

Não se iludam! Não há ninguém apaixonado por mim e que não tem coragem de se revelar. O acesso a uma conversa é muito fácil.  Sou simpática e tranquila, o que escrevo é o que penso e me desculpo quando errada. Simplesmente, mas não tão simplesmente, trata-se de uma disputa hacker, valendo Deus sabe o que.

Muitos jogam futebol, uns poucos lêem e só bem poucos, felizmente, disputam dados da intimidade alheia, sobre seu dinheiro, no meu caso pouco, conhecimento, tenho algum,  os podres, se não os meus, os da família. Para tirar vantagem, hackeiam as suas contas, fazem disputas de poder estre eles, não há nada que não consigam (Tem outros capítulos em postagens anteriores). Fazem isso com todos os seus alvos, criam alertas entre si e agem assim por causa de dívidas, ciúme, raiva gratuita, cobiça, sede de poder e tantas outras coisas de dar medo. É um método empregado a milênios para privar de liberdade e saúde mental os desafetos ou rivais, algumas vezes difamando-os, deixando-os desacreditados na sociedade. Muitos aparecem mortos, não se sabe se homicídio ou suicídio. Pode ser qualquer um, basta que se interessem e faz parte deste sistema, “criar interesse sobre o alvo”.

Indivíduos são recrutados para vigiar o alvo,  entre uns pobres coitados, por ninharia ou porcarias químicas, ou gente de dinheiro, por conta de vantagens. Usam câmeras escondidas. Você pode comprar uma câmera wifi para sua segurança, eles roubam seu sinal e te monitoram, por todos os aparelhos ligados. Te espiam pelas câmeras do celular, tablet, computador, compartilham as imagens em grupos particulares. Lêem suas fichas médicas, dados biométricos de pulseiras inteligentes todos estes dados de saúde são compartilhados. Qualquer dado Bluetooth, aéreo ou a cabo é descoberto, quebram criptografia em disputas de habilidade, trocam ou  vendem entre eles. O que você pesquisa  o que  assiste, come, quantas vezes vai ao banheiro, muitas curiosidades. Quais os ruídos da sua casa, do seu corpo? Alguns  usam os dados somente para rir das situações alheias, como um big brother da vida real, outros para compartilhar entre si, por variados motivos, como já disse. Invadem residências, não há fechaduras que não abram, alarme que não desarmem. Compram a lealdade de porteiros, motoristas, flanelinhas, faxineiras, amigos, conhecidos e criadagem em geral. É a revolução dos subalternos, os quais sempre respeitei, e tratei com generosidade. Sei que a maioria está sendo enganada, mesmo assim dói. Dados sendo vendidos em redes sociais e grupos fechados na internet ou pelas esquinas. Gente do mal, que usa os poderes do mal, para descortinar o futuro e prejudicar algumas almas fracas, manipulando e amedrontando muitos em suas pseudoseitas. Sim, isto ainda existe.

Os indivíduos alvo são perseguidos por todo lugar e suas informações repassadas de boca a boca, texto em texto, mensagem em mensagem. Usam argumentos diferentes para cada grupo. Casos de amor para os românticos, dinheiro para os gananciosos. Os sete pecados  capitais.

Mas, a pandemia os pegou de jeito. Todos evitando sair, tomando cuidados com suas redes sociais, estamos mais espertos e despertos. As polícias (algumas são coniventes) e a inteligência do mundo inteiro espreitando. Muitas coisas estão vindo a tona e seu poder está diminuindo.

A internet das coisas vai requerer um pouco mais de apuro com a segurança. O que era ficção, já é realidade. O pulso eletromagnético, que influência o organismo vivo existe. Paredes deixam de existir, com as tecnologias de rastreamento de calor e wifi. A árvore do conhecimento do bem e do mal, nunca esteve tão presente e o respeito ao ser humano tão necessário.

Este é o ano do retorno, onde cada um terá de suportar a carga de seus próprios passos. Tudo o que já fez está voltando, seja o bem o o mal que causou. A honestidade e os valores humanos são cobrados, para que possamos seguir adiante.

Não tenham segredos, ousem compartilhar seus interesses, desde que saudáveis. Sejam generosos. É muito bom!

Sejam éticos. Mesmo as piores profissões tem seu código de conduta. Usem para que tenhamos uma vida livre de verdade, onde ninguém precise esconder-se atrás de paredes, que nada mais significam hoje em dia, onde a privacidade desapareceu.

Continua.

Não de preocupem, continuarei a falar de jardins.

😬

Sobre Jarcy Tania

Professora aposentada, arte-educadora, artista plástica brasileira.
Esse post foi publicado em cultura, educação, Entretenimento, Familia, Livros, Organizações e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Obrigada por comentar. Volte sempre!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.