Pra que correr?

 

Não preciso de tanto assim para viver bem.

25-08-06_1354

“A verdadeira Liberdade – muito poucas pessoas a querem. Pois a liberdade não é doce. Para tê-la é necessário duro trabalho, ela não é alivio, e sim: fardo. Todavia ela é exatamente aquilo que separa o ser humano dos animais. Vladas Bartochevis(Lituânia/Brasil)”

Lembre-se a moda “Slow movement (movimento devagar)” chegou ao Brasil. Trabalhar menos, comer melhor e devagar, ter uma boa vida, trabalhar “o suficiente e de maneira honesta”, não correr, atropelar pra vencer o jogo, porque no final perde-se a vida nisso e a vida é pra ser vivida com alegria.

As conquistas pessoais não me tiram a paz, como é bom amar o trabalho, a vida que posso ter. Aproveito o tempo que não estou na escola, leio, pesquiso, preparo atividades para as aulas, pinto, crio coisas posso cozinhar minha comida, escolho o que comprar com qualidade, não sou consumista, troco as coisas de casa pra viver melhor.

Posso ir onde quiser, escolho o melhor sempre, desde que não prejudique meu futuro. Se morrer amanhã, não levarei nada além do bem que fiz a mim e aos outros.

Conheço uma conversa de chefe indígena que fala mais ou menos assim: “índio não acumula bens pra deixar pro filho, deixa a terra pro filho trabalhar”.

Você é a pessoa mais importante de sua vida. Se estiver bem, todo o seu entorno será melhor.

Não atropele a vida, os atalhos também levam a lugar nenhum e só fazem perder tempo. Não tenha medo, deixe fluir, viva bem com o que tem, com o que é de verdade.

Ser livre é inclusive, tolerar a opinião alheia, muitas vezes inconformada com seu modo de vida. Entenda que os outros querem em sua maioria ser iguais uns aos outros e quando um novo movimento se inicia, tendem a oferecer resistência e algumas vezes “brigar, guerrear” com o novo, isso desde o início dos tempos. Aceite e faça o que for melhor para você.

Viva a sua vida com liberdade, com o que pode fazer, respeitando o próximo. Troque, divida conhecimento, ofereça o seu melhor, a quem se afinar com suas ideias e tenha força interior para vencer o dia de hoje, ao que lhe é contrário.

Que cada um carregue o seu quinhão.

Tenham uma boníssima tarde.

 

abçs

 

 

Sobre Jarcy Tania

Professora, arte-educadora, artista plástica brasileira.
Esse post foi publicado em cultura, educação, Saúde e bem-estar e marcado , , , . Guardar link permanente.

Obrigada por comentar. Volte sempre!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s