Brinquedos de papel – Gosto de trabalhar com reciclagem e ensinar também :)

 

Arte reciclagem é sempre um prazer!


 

Algumas de minhas experiências usando material reciclável:

arte_reciclagem_1996-2010

Creio que na falta de material ideal, procuraremos outros que nos sirvam. Com material reciclável funciona pra mim, olhar para a forma e encontrar alguma correspondência mental, o que enxergo naquela peça e começo a transforma-la.  Leonardo da Vinci fazia isso olhando para as manchas nas paredes, um grande mestre, assim como Michelangelo encontrava a forma pronta dentro da pedra e dizia que só tirava o excesso! Guardadas as proporções de envergadura, dentro de minhas limitações, a experiência é a mesma.

 

Máscaras, fantasias, objetos diversos.

acrilic-oleo_thumb[1]

Olhando os meus arquivos antigos, encontrei estas outras fotos, das oficinas de teatro para crianças. Ai está a cabeça da Cuca, que foi usada durante as apresentações da semana Monteiro Lobato em duas escolas infantis e outros materiais que usei pra ensinar sobre personagens, cenário ( a árvore no canto superior esquerdo tem dois metros e foi feita com papelão e jornal).  🙂

“… Eu costumo brincar que o corpo é muito mais inteligente que a cabeça e ele carrega duas caixas. Uma é a “caixa de ferramentas”, com tudo de que precisamos para resolver questões práticas. Só carregamos as ferramentas necessárias para as situações que estamos vivendo. Por exemplo, é idiotice um sujeito levar um furador de gelo para o deserto. Então, o corpo seleciona o que é realmente útil. Na segunda caixa estão os brinquedos, tudo aquilo que, não sendo útil, nos dá prazer e alegria: música, poesia, literatura, pintura, culinária, a capacidade de contemplar a natureza, de identificar a beleza nos jardins. Essas coisas não servem para nada, mas compõem a felicidade humana. Quem não as tem é uma pessoa bruta, estúpida, sem sensibilidade. Tudo o que não é ferramenta nem brinquedo é esquecido. Isso faz parte da sabedoria do corpo. … Nietzsche, meu filósofo favorito, dizia que a primeira tarefa da educação é ensinar a ver. Ou seja, o educador é parte de uma tarefa mágica, capaz de encantar crianças e adolescentes, o que é bem diferente de simplesmente dar aula. Dar aula é só dar alguma coisa. Ensinar é muito mais fascinante. ” (Rubem Alves)

No meu outro blog, o “Cotidianamente” mostro meu trabalho como arte educadora, divido minhas experiências com alunos, mostradas em fotos e vídeos  “in loco”.

Sobre Jarcy Tania

Professora, arte-educadora, artista plástica brasileira.
Esse post foi publicado em Arte, educação, Entretenimento, Hobbies, Livros, Saúde e bem-estar, sustentabilidade e marcado , , . Guardar link permanente.

Obrigada por comentar. Volte sempre!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s