Poesia em suportes tão diversos, são ARTE das idéias, do pensamento!

 
Já disse Descartes: "Penso, logo sou!" e Sócrates: "Só sei que nada sei!"
 
Como arte é a minha vida, só posso falar substancialmente dela, com as limitações impostas pelo meu conhecimento.
 
A vida moderna e prática contemporânea, tem roubado das pessoas algumas coisas essenciais. o envolvimento total no que estão fazendo. Crêem que demora muito aprimorar-se.
 
Como tudo tem que ser pra ontem, poucos conseguem se aprofundar no que estão fazendo, conhecer outros ângulos, refletir, sentir no fundo do coração, racionalizar, questionar, deixar em um canto para amadurecer. Isso no campo das idéias, imagine então nas manufaturas, sejam de qualquer espécie, de textos a esculturas. Parece que tudo que demande tempo e investimento particular em aprimoramento técnico é "retrô", coisas para museus.
 
Meus ídolos estão nos museus, nos arquivos, nas estantes, nos exemplos humanos vivos que muitos deixaram, nas praticas religiosas de outros, sempre apreciados pelos frutos tão valiosos que nos deixaram, por sua obra humana do pensamento, das idéias geniais que ficaram e por ser tão experimentadas, perfeitas por todos os seus erros a certos. Hoje são arquivados em HDs, CDs, DVDs de dados,  e expostos em grandes telas de LDC (isso quem pode, eu de minha parte fico feliz de poder ver, ouvir e ler minhas preciosidades no meu equipamento médio .. hehe).
 
Persigo os ideais estéticos dos grandes mestres da humanidade, estudando e praticando sempre. Para mim a tecnologia atual soma e não subtrai. Respeito quem curta somente as sombras desta cultura, suas linhas vetorizadas, suas samples, mas sofro muito pelos que nem ao menos ouviram falar ou viram, leram, sentiram a sublimação de sentimentos e sensações, ao tomar contato com algo que foi o máximo de civilização e técnica da raça humana.
 
Quis lecionar arte, para ensinar, mas creio que minimizar é a palavra certa, a distancia existente entre criar algo realmente novo e inovador e os arremedos, as sombras de algo bom e quem pode dizer ao certo, o medo do perfeito e incomparável.
 
Tendo noção de meus limites e admiração pelo que aprendi, posso dizer que a frustração de não ser melhor, não me impede de continuar fazendo o que acredito.
Tenho a convicção da experiência de quem foi bem sucedido em seus intentos, para me alentar e fazer acreditar, que só saberei do que sou capaz se o fizer, se errar até acertar, obstinadamente!
 
Beijos procês
     
 
 
 
      
Anúncios

Sobre Jarcy Tania

Professora, arte-educadora, artista plástica brasileira.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Obrigada por comentar. Volte sempre!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.