Continuo trabalhando no projeto de gravuras

Em 2001 montei a exposição “Da xilogravura a impressão digital – o artista como matriz de novas idéias” e este ano, resolvi ensinar o processo de gravuras, na escola.
Matrizes e gravuras 2005
Trabalhar com gravuras é uma delicia, mas nem tudo são flores.
A escola á pública e a maioria dos alunos não tem recursos, somado a isso, não posso usar materiais tradicionais de gravura, alguns poderiam se ferir por “n” motivos.
Gravura vem do gravar, deixar marca. Para produzir gravuras (que são cópias), precisamos produzir matrizes. As nossas foram feitas de material reciclado, em papelão e plaquinhas de isopor. Usamos guache para as cópias gravadas.
Ao ver os rostos surpresos com os resultados, valeu todo o empenho, vejam no album da escola, nas fotos deste blog.
Não esqueça de deixar comentários.
Beijos
:*
matrizes_e_gravuras5b15d

Sobre Jarcy Tania

Professora, arte-educadora, artista plástica brasileira.
Esse post foi publicado em Arte, educação, Uncategorized e marcado , . Guardar link permanente.

Obrigada por comentar. Volte sempre!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s