R.I.P. Cartunista Mordillo

Hoje partiu deste mundo um de meus desenhistas favoritos.

 

Ele se foi. Que pena! Mas deixou uma grande obra, trabalho de uma longa e fértil vida.

Cartunista e ilustrador conhecido mundialmente por seu humor fino, Mordillo era brilhante e o texto nunca fez falta  a suas piadas, focadas principalmente em  futebol golfe, romance e animais.

Para saber mais sobre sua vida e obra:.

Mordillo.com

WikipediaGuillermo_Mordillo

 

😢

 

 

Anúncios
Publicado em Arte, cultura, educação, Entretenimento | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Solitude

Screenshot_20190604-153334.png

“Solitude é o ato de se isolar e/ou reclusão por vontade própria, sem que esse ato cause sofrimento à pessoa.”

Tenho prática de solidão voluntária. Passei a grande parte da vida assim.

Quem só conhece a  superfície  do mundo e ainda não percebeu, gosto de conversar com qualquer pessoa, compartilhar a mesa, diversão as vezes e  voltar pra casa. Ter tempo para estar só me é essencial. Tenho uma família que entende, os amigos de coração, quem é íntimo também.  Gosto e aprecio  coisas como natureza, ciência, religião, filosofia,  viagens, estilo de vida, decoração,   respeito ao espaço pessoal, silêncio.

Solitude: plenitude em ser, estar sozinha.

Screenshot_20190524-192607.png

“Somos todos um.” +   Diferentes. Não julgue o próximo por seu próprio raciocínio. Se quer saber algo, pergunte diretamente a pessoa e não a terceiros que invariavelmente, nunca tiveram intimidade com ela.

Boa jornada!

😊

Publicado em cultura, educação | Marcado com , | Deixe um comentário

Adeus Rubi

Screenshot_20190603-122418

A Rubi adoeceu. Já tinha tido insuficiência renal antes, aos seis anos. Cuidei dela e segui tudo o que a veterinária indicou e eis que se curou em 30 dias. Não foi assim desta vez, a idade pesou.

IMG_20190525_105114792~2

Me redobrei em cuidados. Decidi por um final de vida  de  atenção,  amor e dignidade em casa,  o melhor possível, já que na clínica veterinária ela ficaria na gaiola, sozinha, com soro amarrado na patinha, sendo alimentada por sonda, não comia ou bebia mais sozinha. A enrolava numa mantinha e levava para onde eu estava, durante 12 anos e meio ela sempre estava a meu lado, desde pequenina, não importando onde, quando percebia estava lá, a me observar com seus lindos e penetrantes olhos azuis, tão profundos e cheios de sentimentos. 

Rubi_30-01-07_1645~2

IMG_20190126_072126909_HDR~2

IMG_20190131_064519393~3

IMG_20190226_084438989~3

Fiz  o que  podia ser feito perante a situação. Foram exatos sete dias de cuidados intensivos, em que me preparava para o fim.  E ele chegou. Acordei na segunda feira e ela não estava na caminha.  Embrulhei na manta, como fiz a semana toda, com cuidado e chorei até esvaziar.

Faz uma semana que ela partiu deste mundo. Sexta-feira a tarde recebi suas cinzas (Kremakão) e ainda não sei o que fazer com elas. Encontrei bigodinhos na sua caminha e enterrei no  vaso de plantas que ela adorava.

E foi assim. Durante a semana dei  comprimidos amassados, comida pastosa na seringa, aplicava soro intradérmico, tudo conforme orientação da clínica. Ela nunca sujou sua caminha, mesmo tão doente ia devagarinho para a caixa de areia, as vezes ficava sentadinha no paninho na frente da caixa e depois voltava para a caminha. Foi lá que a encontrei morta.

Deus me conforta e sabe como dói a despedida, doar suas coisinhas.  Me fortaleceu para ter coragem, para fazer o que era preciso todos estes dias.

Até um dia minha querida Rubi!

PicsArt_08-04-10.52.09

Neste mundo tudo nasce, se desenvolve, vive e morre. É a lei da vida.

Está em paz, não sofre mais. Me deixa   saudade e  a  lembrança de tantos momentos felizes.

😺 11/2006.  🐾27/05/2019

Publicado em cultura, Familia, Gatos | Marcado com , | 1 Comentário

Coisas de minha mãe

91L8glleMrL._SL1500_

Conta-se que São Pedro, muito preocupado ao notar a presença de algumas almas que ele não se lembrava de tê-las deixado entrar no céu, começou a investigar e encontrou um lugar por onde elas entravam.
Dirigiu-se então até o Senhor e lhe disse: “Senhor Jesus, observei que temos aqui algumas almas que não me lembro de ter-lhes aberto as portas para que passassem a desfrutar da felicidade eterna. Fiz algumas investigações e achei um vão por onde elas entram. Queria que o senhor mesmo visse…
Jesus aceitou acompanhá-lo e viu que desse vão descoberto se pendurava, vindo da Terra, um imenso Rosário, por onde constantemente subiam muitas almas. Alarmado, disse São Pedro: “Creio, Senhor, que devemos fechar essa entrada!”
“Não, não…” – respondeu-lhe Jesus – “Deixe assim… Isso são coisas da minha Mãe…”

🙏

Imagem:  A Virgem com anjos  –  óleo sobre tela, 285 × 185 cm.  –  William-Adolphe Bouguereau, 1900. Atualmente em exibição no Petit Palais, França.
+ http://www.williambouguereau.org/virgin-with-angels/

🕊️

Publicado em Arte, cultura, educação | Marcado com , , | Deixe um comentário

Sobre evoluir e perdoar

Com a palavra Sri Sri Ravi Shankar:

😬

Publicado em cultura, educação, Organizações | Marcado com , | Deixe um comentário

Este não é o mundo sem fio que sonhei (2)

Não é divertido. Não é um filme. Não é uma série, nem é  1984.

Li esta matéria: CanalTech.com.br/

Pesquisei e descobri que acontece a tempos e em todos os  sistemas operacionais. Antes as imagens  gravadas eram de gente famosa, Vip, dos muito lindos (a), até virar lugar comum. Hoje, quem faz o roubo de imagens, vídeos, arquivos, torna pública a vida íntima de qualquer pessoa.

Vi a venda estes acessórios e sabia que as webcams dos computadores são um perigo a privacidade, mas isso Choca!

 

Minha nossa! Espionagem a toque de um clique, imagens compartilhadas em grupos fechados para membros do mal no WhatsApp, Facebook, em serviços pagos ou não. Apostas. Diversão. Quem compartilha?! Nossos “amigos” viraram informantes sem saber?!

O mundo a esquerda, direita, acima, abaixo, virtualmente corrompido. Se fossem pessoas boas, pensando em nosso crescimento, para ajudar, mesmo assim valeria a pena tudo isso?!

Este não é o mundo sem fio que sonhei!

😐

Publicado em Computadores e a Internet, cultura, educação, Notícias e política | Marcado com , , | Deixe um comentário

Aleluia!

Não é um dia triste, é mais um dia de solidão, onde o Espírito da paz nos preenche e não permite que nos sintamos só.

Não é um dia para se vingar. É para refletir.

Screenshot_20190420-092654~2

Algumas coisas nunca mais serão as mesmas.

Dignidade, boa amiga e conselheira, por favor, continue a nos acompanhar.

 

🙃

Publicado em cultura, educação | Marcado com , | Deixe um comentário

Encontrei um “Ceschiatti” pelo caminho.

IMG_20190410_162328984~2

Magnífica intervenção artística, em plena estação da Sé do metrô em São Paulo.

Creio que dentro de um ambiente controlado, fique melhor abrigada do vandalismo que assola nosso Estado.

AdmirávelAlfredo Ceschiatti foi um grande artista brasileiro, com muitas esculturas e monumentos espalhados em espaços e edifícios públicos, entre eles, o Palácio da Alvorada, a Praça dos Três Poderes e o Palácio dos Arcos, em Brasília; o Memorial da América Latina e a Praça da Sé, em São Paulo; e a Embaixada do Brasil em Moscou.

O que e pra que educação e  cultura?!  É poder ver, ouvir e sentir as coisas, conhecendo, reconhecendo, com pertencimento.

“A quem passe pela floresta e só veja lenha para queimar”.

🥰

Publicado em Arte, cultura, educação | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Tarsila, Djanira e Lina Bo Bardi no MASP.

Estão em cartaz no MASP:

Tarsila do Amaral

Djanira

Linda Bo Bardi

IMG_20190410_145215741~2

Publicado em Arte, cultura, educação | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Aposentadoria e maturidade.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=10216755295208057&id=1032685996&comment_id=10216769314038519&notif_t=feed_comment&notif_id=1554413570458659&ref=m_notif

Continuo tateando o caminho. A maturidade não é automática, não vem junto com a idade. É necessário  destruir pensamentos e a ilusão vã de que controlamos qualquer coisa. A vida e as circunstâncias, num fluxo continuo, dão as coordenadas de como agir. Não se iluda, fazemos o que podemos, com o que sabemos. Estamos onde devemos estar e nossas ações nos farão ir adiante ou voltar novamente, as vezes com outro cenário e personagens, para algumas situações que ainda não aprendermos a lidar.

Há! Os mistérios do futuro não nos pertencem, o passado já foi.  O corpo pede por sossego, a vida clama por ação.

Adiante, avante. Descanse, alongue-se. Mantenha a mente silenciosa e suavemente atenta, caminhe um passo de cada vez, com calma.  Todos chegaremos lá, cada um a seu tempo.

🤗

Acabei de ler no “Terceiro Ato”. Compartilho:

A vida decepciona-o para você parar de viver com ilusões e ver a realidade.
A vida destrói todo o supérfluo até que reste somente o importante.
A vida não te deixa em paz, para que deixe de culpar-se e aceite tudo como “É”.
A vida vai retirar o que você tem, até você parar de reclamar e começar agradecer.
A vida envia pessoas conflitantes para te curar, pra você deixar de olhar para fora e começar a refletir o que você é por dentro.
A vida permite que você caia de novo e de novo, até que você decida aprender a lição.
A vida lhe tira do caminho e lhe apresenta encruzilhadas, até que você pare de querer controlar tudo e flua como um rio.
A vida coloca seus inimigos na estrada, até que você pare de “reagir”.
A vida te assusta e assustará quantas vezes for necessário, até que você perca o medo e recupere sua fé.

A vida tira o seu amor verdadeiro, ele não concede ou permite, até que você pare de tentar comprá-lo.
A vida lhe distância das pessoas que você ama, até entender que não somos esse corpo, mas a alma que ele contém.
A vida ri de você muitas e muitas vezes, até você parar de levar tudo tão a sério e rir de si mesmo.
A vida quebra você em tantas partes quantas forem necessárias para a luz penetrar em ti.
A vida confronta você com rebeldes, até que você pare de tentar controlar.
A vida repete a mesma mensagem, se for preciso com gritos e tapas, até você finalmente ouvir.
A vida envia raios e tempestades, para acordá-lo.
A vida o humilha e por vezes o derrota de novo e de novo até que você decida deixar seu ego morrer.
A vida lhe nega bens e grandeza até que pare de querer bens e grandeza e comece a servir.
A vida corta suas asas e poda suas raízes, até que não precise de asas nem raízes, mas apenas desapareça nas formas e seu ser voe. A vida lhe nega milagres, até que entenda que tudo é um milagre.

A vida encurta seu tempo, para você se apressar em aprender a viver.
A vida te ridiculariza até você se tornar nada, ninguém, para então tornar-se tudo.
A vida não te dá o que você quer, mas o que você precisa para evoluir.
A vida te machuca e te atormenta até que você solte seus caprichos e birras e aprecie a respiração.
A vida te esconde tesouros até que você aprenda a sair para a vida e buscá-los.
A vida te nega Deus, até você vê-lo em todos e em tudo.
A vida te acorda, te poda, te quebra, te desaponta… Mas creia, isso é para que seu melhor se manifeste… até que só o AMOR permaneça em ti.

Fonte indicada: Pensar Contemporâneo

Publicado em cultura, educação | Marcado com , , | 2 Comentários